Acostumado a ser bem ouvido através de seu programa de rádio, o radialista e ex-deputado Carlos Geilson ainda não se familiarizou com a nova função de ouvidor, designada pelo governo de Rui Costa. Na Procissão do Fogaréu ele bem que tentou, mas nada conseguiu ouvir da conversa ao pé de orelha entre o prefeito e seu ex-aliado Colbert Martins Filho e seu novo parceiro - nem tão alinhado assim - deputado federal Zé Neto. Mas, muito bem assessorado como é, Geilson certamente deverá pegar o jeito rapidinho.