O ex-prefeito e médico Tarcízio Pimenta diz ter recebido com surpresa a decisão da Justiça Federal, que impões sanções contra ele, em uma ação movida enquanto era prefeito de Feira de Santana.
A surpresa, segundo ele, “reside no fato de as contas desse período, em 2011, terem sido aprovadas pelos órgãos de controle, a exemplo do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e a Câmara de Vereadores de Feira de Santana”.