O vereador Roberto Tourinho, é inegável, tem sua importância no parlamento local, com sua fiscalização ao Governo Municipal, suas denúncias. Nos últimos meses, ele abandonou um velho aliado, o ex-prefeito José Ronaldo. Hoje, Tourinho namora, mas ainda não noivou, com o grupo do governador Rui Costa. Tudo bem, até aí. Mas não fica bem para ele tentar transformar o ex-prefeito de anjo em demônio, de uma hora para outra. José Ronaldo é aquele mesmo com quem Tourinho manteve uma espécie de irmandade, de quem por tanto tempo falou bem. Como não tem equilíbrio e inteligência emocionais (é o ponto fraco do vereador), tem acionado a sua metralhadora giratória com elevada dose de exagero, algo percebido até por quem o acompanha. A última dele foi chamar Ronaldo de "cara de pau", ataque pessoal e desnecessário. Alguém mandá-lhe uma pergunta, vereador: "e o secretário do cara de pau (Tourinho foi secretário de Ronaldo por mais de três anos), é o que, mesmo"?