O vereador Luiz da Feira levou o que no boxe é chamado de contra-golpe no queixo. Depois de denunciar na Câmara de Vereadores que estava havendo venda de box de forma irregular no Shopping Popular, o edil levou o troco do presidente do consócio.