O secretário municipal de Desenvolvimento Social, Pablo Roberto Gonçalves da Silva, conquistou grande espaço dentro do governo municipal. Ele, que já ocupou cargos no governo estadual do PT, é nome forte para uma candidatura a deputado no grupo do ex-prefeito José Ronaldo e do prefeito Colbert Filho. Surpreendentemente, Pablo Roberto revela ao Protagonista, com exclusividade, que pode não disputar a reeleição a vereador em 2020 – está licenciado da Câmara – e apoiar outro nome. “Mas tudo isso passa por uma conversa com o grupo”, avisa.

O Protagonista - Em 2020 Pablo Roberto disputa a eleição?

Pablo Roberto - Agradeço a Deus e aos amigos que estão comigo ajudando a construir essa jornada. Tivemos vitórias e algumas dificuldades, faz parte da vida. Mas sou muito grato de poder servir ao povo da minha cidade da melhor forma possível. Todo ano de eleição impõe decisões de posicionamento. Penso sempre em unidade e no projeto que seja melhor para nossa cidade e para as pessoas que vivem nela. Estamos discutindo no grupo (a candidatura). Uma parte deseja que eu seja candidato a vereador, ou não. Mas vamos conversar, dialogar e decidir em conjunto. Política não se faz sozinho.

O Protagonista – Por que essa posição?

Pablo Roberto - Tenho tido a oportunidade de ocupar cargos, seja na Câmera de Vereadores, seja na gestão municipal. Também tive oportunidade, no passado, de estar em gestões de órgãos ligados à estrutura do governo estadual. Isso foi feito com muita tranquilidade e dialogando, conversando com nossos amigos e parceiros que buscam sempre discutir o melhor para Feira. Então eu não posso tomar uma decisão sem o diálogo. Naturalmente temos, além do nosso grupo político, que conversar com outras lideranças políticas da cidade buscando desenvolver um projeto que seja o melhor para Feira de Santana.

O Protagonista - Existe a possibilidade de você apoiar outro candidato a vereador em 2020 abrindo mão de sua candidatura?

Pablo Roberto - A possibilidade existe, mas como disse antes, devemos dialogar de maneira tranquila, sincera, com coração aberto, fazendo o que for melhor. Vamos pensar com calma e decidir isso com tranquilidade.

O Protagonista - A candidatura a deputado é uma certeza em 2022?

Pablo Roberto - Desde de 2014 o grupo político gostaria que disputássemos uma eleição estadual ou federal. Entendo que Feira de Santana carece de mais representação, de deputados que possam somar mais.
Tenho desejo, sim, de poder representar Feira de Santana e toda região do Portal do Sertão, assim como os municípios próximos. Porém, essa decisão não pode ser minha. Ela tem que ser do povo.

O Protagonista - Você e seu grupo seguem qual liderança?

Pablo Roberto - Tenho muito apreço e respeito pelo prefeito Colbert Martins Filho que, hoje, lidera a gestão. Temos conversado sobre política e sobre a administração municipal de forma harmônica. Também gosto muito de ouvir e conversar com José Ronaldo, que tem sempre importantes reflexões e preocupação com Feira de Santana. Esses diálogos nos ajudam a pensar e, com nosso grupo, decidir os caminhos que devemos trilhar para desenvolver políticas sociais para nossa população.