O ex-prefeito José Ronaldo fez, recentemente, um alerta público ao prefeito Colbert Martins Filho. Em entrevista ao programa de rádio Jornal do Meio Dia, na rádio Sociedade, Ronaldo cobrou do seu ex-vice uma postura de candidato. “O prefeito não tem andado, não tem andado como quem quer ser candidato”, alfinetou. Político à moda antiga, José Ronaldo conhece bem o cargo. É daqueles políticos que circulam em vários eventos em um mesmo dia, entra na casa dos moradores sem a menor cerimônia e é normalmente bem recebido. Tem uma grande memória para nomes e feições. Abraços e apertos de mão são marca registrada de suas andanças. Estilo bem diferente tem Colbert. O atual gestor é um político comedido. Diria até tímido. Comportamento controverso para quem tem um histórico vitorioso na política – ex-deputado estadual e federal de vários mandatos. Claro que o espólio político do saudoso Colbert pai contribuiu decisivamente para o sucesso do filho nas urnas. Ele é um candidato natural à reeleição. Um entendimento até mesmo do ex-prefeito e aliado José Ronaldo, externado em várias entrevistas. E para que esse avião da reeleição decole, Colbert vai precisar gastar muita sola de sapato, apertar muitas mãos e distribuir sorrisos e simpatia. Lição básica que não tem feito. Se continuar assim, a nave pode nem sair do chão. O sinal de alerta acaba de ser acionado pelo comandante do voo.