O polêmico vereador Edvaldo Lima voltou à cena. Na sexta-feira (19), divulgou vídeo criticando veementemente uma exposição sobre sexualidade no Museu de Arte Contemporânea. “Pessoal, vamos repassar o vídeo e o texto, pois tem várias escolas públicas e particulares do município já programadas para visitarem a exposição no Museu na cidade de Feira de Santana-Bahia e nós não queremos que nossos filhos sejam expostos”, diz em nota divulgada pelo whatsapp.

No vídeo compartilhado em redes sociais, Edvaldo Lima diz que “isso não vai ficar assim. Levaremos ao prefeito Colbert. Punição vai acontecer, na Justiça. A Casa da Cidadania, onde são feitas as leis, precisa ser respeitada”. O vereador entende que a mostra “ataca a família e os bons costumes”.

O Protagonista manteve contato com o secretário municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Edson Borges. “A exposição não foi organizada pela Secretaria de Cultura. O Museu é gerido pela Fundação Cultural Egberto Costa. Pelo que sei tomaram todos os cuidados. A mostra estava em sala reservada. Funcionários do museu estavam orientados a não permitir acesso de crianças ao espaço. Era só para adultos”, explicou Edson. Ainda segundo ele, a mostra já foi exposta em vários outros museus.

Uma fonte ligada à Fundação Cultural Egberto Costa diz que "o encerramento não foi motivado pela polêmica. Já estava na última semana. Ficou um mês em exposição”.

Na visão do Protagonista, o grande erro na situação foi que não estabeleceram a classificação etária da exposição, mesmo estando em uma sala reservada.
A exposição continha, realmente, material de elevado teor sexual, com gravuras e imagens de sexo oral homossexual entre homens e entre mulheres, imagens de relações sexuais homossexuais e heterossexuais, além de sexo coletivo e masturbação.

SOBRE A MOSTRA – “Troca-Troca é um jogo-objeto, que parte da combinação de três temas (fliperama, cidade, corpo). A dimensão lúdica e erótica da obra dialoga dentro da própria poética dos fliperamas desenvolvida pelo autor, aqui com influência dos jogos de puzzle arcade, como Tetris, Gals Panics, Pong Blocks, Puzzle Club dentre outros”. Trecho do release sobre a mostra.

SOBRE O ARTISTA - Mineiro de Poços de Caldas (1977), Mike Sam Chagas aos dezessete anos iniciou seus estudos no curso de Artes do Conservatório Municipal. Realiza suas primeiras exposições em fins dos anos 90 e em paralelo à pintura, trabalha como desenhista e ilustrador de revistas e livros didáticos infantis.