Depois de anunciar a pré-candidatura a vereador em Feira de Santana, para 2020, o ex-vereador e ex-secretário municipal Magno Felzemburg volta a surpreender. Em contato com o Protagonista, o atual diretor do Trabalho na Prefeitura de Salvador revela que o PSL deseja lançar candidato a prefeito de Feira – e a deputada federal Dayane Pimentel é a preferida do partido para a disputa. Ainda segundo Magno, o grupo do ex-prefeito José Ronaldo e do prefeito Colbert “se isolou do PSL” e que a legenda tem posição de independência em relação ao governo municipal. "Não somos aliados", dispara. Deixou mais que evidente a existência de uma ferida aberta na relação.

O Protagonista – Qual a relação sua e do PSL com o governo municipal em Feira de Santana?
Magno Felzemburg - Não temos aliança nenhuma com o governo municipal em Feira de Santana. Apenas relacionamento, porque o governo não é de esquerda.
O Protagonista – Houve algum problema?
Magno Felzemburg - O grupo do ex-prefeito Zé Ronaldo e de Colbert buscou isolamento em relação ao PSL.
O Protagonista – De quem partiu esse isolamento?
Magno Felzemburg - O isolamento vem deles. Não partiu de nós.
O Protagonista – Hoje, qual sua postura em relação ao governo municipal?
Magno Felzemburg – Nossa postura em relação à Prefeitura de Feira é de independência. Não somos aliados.
O Protagonista – O PSL terá candidato a prefeito em Feira, em 2020?
Magno Felzemburg - Vamos marchar para fazer nossa bancada de vereadores e lançar candidatura para prefeito de Feira.
O Protagonista – E o PSL já tem esse nome?
Magno Felzemburg - O nome que queremos é o da nossa deputada Dayane Pimentel, porém estamos aguardando uma posição pessoal do presidente Bolsonaro.