- O Protagonista procurou dez vereadores da Câmara Municipal de Feira de Santana, através de contato pelo whatsapp sobre o escândalo do vale-refeição.

- Nenhum se pronunciou até agora sobre as denúncias de desvio e uso irregular do vale-refeição.

- Um silêncio que, ainda, não é comprometedor. Mas é injustificável.

- Apenas o vereador Roberto Tourinho falou sobre o assunto. Inclusive cobrou uma apuração rigorosa para evitar "desgaste da imagem dos vereadores que agem com critério para distribuir os cartões".

- Presidente da Câmara, o vereador José Carneiro adotou as medidas esperadas, até agora. Mas ainda há muito por fazer sobre este assunto.

- José Carneiro, aliás, tem uma verdadeira cruzada pela frente. Fechar essa ferida aberta junto à comunidade.

- Esse escândalo (mesmo ainda como denúncia) já provocou um enorme estrago na imagem da Câmara. Fato.

- O Ministério Público precisa se pronunciar sobre o assunto, oficialmente. Urgentemente!

- Ótimo negócio fez quem arrematou o Feira Tênis Clube. Investiu menos de R$ 2 milhões para faturar quase R$ 9 milhões com a desapropriação.

- Negócio das arábias. Esperamos não ser no estilo Alibabá.

- O ex-vereador Messias Gonzaga recusava o 14º e o 15º salários. Bons tempos. Hoje, se vacilar criam o 16º salário.

- O ex-prefeito José Ronaldo recebe os parabéns nessa quinta-feira (foto). Missa às 18h, na capela do Colégio Padre Ovídeo.

- Além do tradicional aperta mão e do "parabéns pra você", a sucessão municipal em 2020 estará presente nas conversas. Não nessa ordem, certamente.

- Em uma "lógica" inexplicável, Feira de Santana, cidade das mais violentas do mundo, perde umas das quatro companhias da Polícia Militar.

- Muitas explicações, mas nenhuma justificativa.


Vou ali, que por aqui, hoje, só amanhã.