“O midiático superintendente de Trânsito de Feira de Santana deveria sair do ar-condicionado e andar mais pela cidade”. A recomendação chegou ao Protagonista, através de um internauta. Estava acompanhada de uma foto das faixas de pedestres da Praça de Alimentação da avenida Getúlio Vargas, que estão praticamente apagadas. Embora no local tenha um ponto de ônibus e registre todos os dias um grande movimento de pedestres e veículos, o problema parece invisível aos olhos do superintendente Maurício Carvalho e sua equipe. Um descuido que pode aproximar o setor da “oxigenação” necessária e já mencionada pelo prefeito Colbert em relação ao governo municipal. Até porque a "organização" do trânsito em Feira, há muito tempo, é alvo de queixas e críticas por parte de motoristas, motociclistas e pedestres. A SMT desagrada a gregos e troianos.