Em tempos de guerra contra o mosquito aedes aegypti, os agentes bem poderiam dar uma olhadinha nas estações do BRT na cidade. Nesse flagrante dá para perceber que a estrutura é um potencial foco.
Em Feira de Santana, neste ano já foram confirmados 1.485 casos da doença e mais de seis mil notificações estão em avaliação. Os bairros que apresentam maiores índices de infestação predial são o Tomba, Mangabeira e Brasília. Humildes, Maria Quitéria e Matinha são os distritos com maiores casos da doença na zona rural. Dados da Secretaria Municipal de Saúde.