Uma informação sem fundamento postada na rede social do empresário Pedro Barreto, conhecido como Barriga, que mora nos Estados Unidos, agitou a rede social na noite dessa quarta-feira (14) em Feira de Santana. Dava conta da morte do respeitadíssimo advogado e político Roque Aras.
O Protagonista, ao ser informado, buscou a confirmação com a família. Várias ligações foram feitas durante a noite a familiares de Aras. O filho Roque Júnior, cardiologista em Salvador, desmentiu o boato, já por volta das 22hh40min. “Isso não procede, é Fake News. É assustador o que a sociedade brasileira está passando com notícias falsas. Pode anunciar que é irresponsabilidade anunciar uma falsidade dessas sem confirmação”, disse o filho de Aras ao Protagonista.
Nesse intervalo, até um áudio circulou em grupos de Whatsapp em Feira de Santana. A essa altura, a postagem feita pelo empresário já tinha sido bastante curtida e comentada. Muitas pessoas lamentando a "morte" do advogado e político.
Sobre Roque Aras, para quem não sabe, ele é baiano da cidade de Monte Santo, mas se fixou em Feira de Santana. Nasceu em 26 de abril de 1932. Exerceu o mandato de vereador em Feira de Santana entre 1970 e 1974. Em seguida foi eleito deputado estadual, em 1975. Em 1978 foi eleito deputado federal, exercendo o mandato entre 1979 e 1983. Formou-se em Direito pela UCSal, em 1962.
Ele também foi inspetor do Banco Econômico, entre 1955 e 1956. Foi secretário municipal da Prefeitura de Feira de Santana, de 1963 a 1964 e em 1993 a 1994.
Também juiz do Trabalho na Comarca de Feira de Santana, de 1964 a 1965. Advogado da Advocacia Geral da União, de 1996 a 2001. Membro da OAB-Ba. Presidente da Fundação Cidadania e Iniciativa Popular (Funcip). Roque Aras também foi presidente estadual do MDB, quando abriu boa parte dos diretórios do partido na Bahia. Mora atualmente em Salvador.