Principal alvo, nesse momento, do zum zum zum de bastidores no sobre uma provável saída do governo municipal, o secretário de Desenvolvimento Urbano, José Pinheiro, nega que esteja de malas prontas.
Um dos mais próximos secretários do ex-prefeito José Ronaldo, Pinheiro disse ao Protagonista que segue trabalhando normalmente. “Tapando buracos na sede e na zona rural”, destaca.
Já são cerca de 20 anos à frente da SEDUR. “Nos cobram muito para tapar buracos na sede e na zona rural, mas a Secretaria também trata de uso e ocupação do solo, uma atividade muito importante dentro da engrenagem do governo”, explica.
Perguntado se estava demissionário, Pinheiro foi enfático: “não existe demissão, da minha parte. Converso com o prefeito Colbert normalmente sobre o trabalho na Secretaria. Todo ano político é isso: críticas e especulações”, pontua Pinheiro ao Protagonista, acrescentando que “não se consegue agradar a todos”.
José Pinheiro entende que acumulou alguns inimigos ao longo dos seus muitos anos no serviço público. “Muita gente insatisfeita pelas fiscalizações feitas em construções irregulares. Também pelo rigor na concessão de alvarás de construção e de funcionamento”, avalia.
Com o grande volume de chuva que tem caído em Feira de Santana a SEDUR entrou no olho do furacão, inclusive deixando membros do governo insatisfeitos com a “lentidão” com que as ações na pasta eram adotadas para solucionar a buraqueira.
O prefeito Colbert Martins Filho anunciou, na semana passada, uma grande ofensiva para tapar os buracos, inclusive já disponibilizando um asfalto de melhor qualidade.