A situação de abandono e degradação do Parque Metropolitano de Pituaçu tem preocupado grupos ambientalistas e evidencia o desleixo do governo do estado com o meio ambiente. A avaliação é do deputado estadual Targino Machado (DEM), líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia, que chama a atenção para os problemas do equipamento, os quais já se arrastam há anos sem que o governo tome medidas para impedir a devastação deste que é a maior reserva ecológica e um dos principais remanescentes de Mata Atlântica em Salvador.
A situação do parque, inclusive, é alvo de constantes críticas feitas por grupos ambientalistas. No início do ano, por exemplo, o Grupo Ambientalista da Bahia (Gamba) chamou de “desgoverno” o que vem sendo feito no local. O Ministério Público estadual (MP-BA) também tem acompanhado a questão e recentemente afirmou que o parque vem sofrendo degradação ambiental, com sucessivas supressões de vegetação do bioma Mata Atlântica de estágios médios e avançados.
A situação é crítica e exige uma intervenção do poder público. São anos de degradação e abandono. Temos ali no parque uma riqueza inestimável de espécies vegetais, além de ser um local de lazer que já foi muito utilizado pela população de Salvador, mas que vem perdendo o encanto devido aos problemas”, lamenta o parlamentar.
Targino lembra que a Bahia teve, somente este ano, mais de 32 mil focos de incêndio. “Esse desleixo com o parque mostra a falta de preocupação do governo com o meio ambiente. Muito se engana quem pensa que somente a Amazônia é alvo de incêndios. Aqui, na Bahia, temos uma realidade também preocupante, mas o governador Rui Costa (PT) fecha os olhos e faz propaganda”, critica.
O deputado ainda comemorou a reforma do Jardim Botânico de Salvador, anunciada nesta segunda-feira (16) pelo prefeito ACM Neto (DEM). “Isso é gestão ambiental, preocupação real com o meio ambiente, coisa que o governador não sabe fazer”, disse, ao provocar os parlamentares que integram a bancada governista na Assembleia, especialmente os deputados do PT: “Eles falam tanto das questões nacionais que esquecem os problemas ambientais da Bahia. Ou será que não conhecem a situação do Parque de Pituaçu?”.