CURTA AS CURTAS

- A deputada federal Dayane Pimentel não foi convidada para a solenidade da Ordem Municipal do Mérito de Feira de Santana, na quarta-feira (18).

- A solenidade, presidida pelo prefeito Colbert Martins Filho, grão-mestre da ordem, é realizada anualmente, sempre no Dia da Cidade.

- Esquecimento ou indelicadeza proposital da organização do evento? O staff da deputada não gostou nada. Aquela nota 5 dada ao governo ainda causa estragos.

- Boa a iniciativa da sessão solene na Câmara dos Deputados, em Brasília, para comemorar os 186 anos de emancipação política de Feira de Santana. Cerca de 50 representantes da cidade viajaram à capital federal.

- Fica a pergunta: quem bancou as despesas dos empresários, vereadores, políticos e alguns convidados da imprensa feirense?

- Tenho certeza que não viajaram na rural do deputado Zé Neto.

- Aliás além de esquecer o convite a colegas deputados e ex-deputados, o petista esqueceu de levar Manoel Capacete, uma figura emblemática da Câmara Municipal de Feira de Santana.

- Manoel Capacete é o mais assíduo representante da comunidade feirense no Legislativo. Mais que alguns vereadores.

- Também não teve representante do segmento religioso no evento de Zé Neto em Brasília.

- O prefeito Colbert Filho aproveitou a sessão solene e cobrou aos parlamentares que representam Feira de Santana no Congresso Nacional preocupação em destinar recursos, no futuro Orçamento da União para o exercício 2020, para o setor tecnológico.

- Uma boa notícia. Recursos federais para obras da área de mobilidade urbana (especialmente obras de pavimentação) estarão sendo liberados nos próximos dias para Feira de Santana, a partir do Ministério do Desenvolvimento Regional. Fruto de garimpagem de Colbert em Brasília.

- Delorme Martins foi exonerado na direção administrativa do Centro de Abastecimento em agosto. Até hoje não foi substituído.

- Um equipamento da importância do Centro de Abastecimento não pode ficar acéfalo tanto tempo. Dizem que candidato ao cargo é o que não falta.

- Ganha corpo a intenção dos vereadores Marcos Lima, Carlito do peixe e Roberto Tourinho, de limitar número de títulos e comendas na Câmara. Demorou!

- Tá nascendo mais cidadãos feirenses na Câmara de Vereadores de Feira, do que no Hospital da Mulher.

Positivo – As denúncias feitas pelo vereador Roberto Tourinho sobre Elias Tergilene. Cabeludas.

Negativo – O blá blá blá de Elias Tergilene na audiência pública sobre o Shopping Popular. Muita conversa pra bovino dormir.

Vou ali analisar nova pesquisa, que por hoje só amanhã!