CURTA AS CURTAS


O ex-prefeito de Salvador e ex-deputado estadual João Henrique Carneiro esteve na Expofeira (foto), no sábado (7). Com equipe de filmagem. Certamente vai divulgar em redes sociais sua “grande relação de amor com Feira de Santana”.

João Henrique passou mais despercebido que camelô na Sales Barbosa. É bom avisar ao filho do grande João Durval que para ser candidato a prefeito em Feira de Santana é preciso transferir o título de eleitor de Salvador.

Por enquanto a “grande” disputa de João Henrique é com o Rei Nelsinho, presidente do Diretório Municipal do PRTB. Quem terá mais votos em 2020?

Lembrando: O PRTB é dirigido por Rei Nelsinho em Feira; por Da Luz no Estado; e Levy Fidelix é presidente nacional.

O deputado Zé Neto também deu as caras no palanque oficial no 7 de Setembro na avenida Presidente Dutra. Foi convidado pelo prefeito Colbert a subir. “Gosto é de ficar lá embaixo, no meio da galera”, disse o deputado ao Protagonista.

Já a deputada federal Dayane Pimentel e seu marido Alberto estavam mais por fora, no palanque, que bumbum de passista de escola de samba.

Aquela nota 5 ao prefeito Colbert ainda não foi bem digerida e causa desconfortos. Ficou evidente.

A organização da Expofeira pecou em não instalar placas com informações básicas para o povão. Portões fechados em alguns locais geraram desconforto e muitas reclamações.

Se não querem o povão por lá, que avisem. Mas a presença de público no sábado (7) foi sensacional.

Para quem precisou de ônibus para ir ao Parque de Exposições, e voltar, o desconforto foi geral. Filas e desinformação.

Nas baias do parque os animais foram mais bem tratados. Faltou, também, placas de orientação.

Fiscais das empresas de ônibus impacientes e usuários irritados. Mistura explosiva. Tudo isso assistido passivamente por fiscais da SMTT. O secretário Saulo Figueiredo, com certeza, vai puxar a orelha da turma.

O ex-deputado Fernando de Fabinho voltou, mesmo, à cena política. Como o Protagonista adiantou a quase dois meses, em entrevista exclusiva ao blog e, posteriormente, na aparição surpresa em evento do senador Otto Alencar em Santa Bárbara.

Os comerciantes de restaurantes e bares do Mercado de Arte Popular pedem socorro. Com a interdição do edifício Sarkis e restrição de circulação de pessoas na área do prédio, as vendas caíram a quase zero.

Articula-se uma ação coletiva por danos materiais contra os donos do Sarkis.

Recado de Colbert aos que estão em cima do muro. Hora de decidir para qual lado vão pender está chegando. Vereadores da base convocados a puxar a orelha de muita gente que anda desgarrada.

Bola cheia – O espaço Caminho da Roça na Expofeira.

Bola murcha – O atraso de mais de 2hs do grupo Sambadores do Nordeste para se apresentar no Caminho da Roça. Faltou respeito ao público.


Vou ali, que por hoje, só amanhã!