O experiente potiguar Jânio Rêgo promete avaliar “com muita responsabilidade” a possibilidade de uma eventual candidatura a vereador, ou até mesmo a prefeito de Feira de Santana, pelo PSol, legenda à qual é filiado.
Questionado pelo Protagonista se teria vontade de ser candidato em 2020, o jornalista, inicialmente, saiu pela tangente: “a pergunta deve ser dirigida ao  Jhonatas/partido”, recomendou.
A pergunta foi refeita. Como sempre inteligente, Jânio respondeu repetindo frase de Jhonatas Monteiro em entrevista ao Protagonista na sexta-feira (leia mais): “O PSol define o projeto para definir o nome. Não ao contrário. A frase de Jhonatas explica, não? Como ele disse, o partido escolhe os nomes para vereador e para a chapa majoritária”, salientou Jânio.
Após a repetição da pergunta pela terceira vez, o jornalista mostrou-se mais receptivo à ideia: “não tenho 'vontades' de candidatura... no PSol não valem vontades individuais... se o projeto municipal de poder do PSol me incluir, seja para proporcional ou majoritária, vou avaliar com muita responsabilidade”, concluiu. (Foto: site os Feirenses)