A ideia de limitar a concessão de títulos de cidadão feirense e comendas na Câmara de Vereadores de Feira de Santana ganha força. Três vereadores já manifestaram o desejo de criar um projeto de lei que imponha limites às honrarias.

Os vereadores Carlito do Peixe, Roberto Tourinho e Marcos Lima já se posicionaram favoráveis a impor esses limites. De acordo com Marcos Lima, o objetivo é evitar, também, que as indicações sejam usadas com fins políticos.
“Eu, Carlito e Tourinho temos a mesma ideia de limitar. Há vereadores que querem fazer política com as honrarias”, revelou Marcos Lima.
Ele também quer que as indicações sejam acompanhadas de todas as informações sobre o homenageado e seus serviços prestados a Feira de Santana.
O Protagonista foi o primeiro veículo de comunicação da cidade a levantar a necessidade de se rever algumas indicações. Até para se evitar absurdos como a indicação de título de cidadão feirense ao pastor Silas Malafaia (foto) e ao presidente Jair Bolsonaro, dentre outros.