O deputado federal Zé Neto (PT) entrou em contato com o Protagonista sobre o “esquecimento” ao deputado estadual José de Arimateia (leia mais), não convidado à sessão solene em homenagem aos 186 anos de emancipação política de Feira de Santana, na Câmara dos Deputados (leia mais).
“Já disse ao pessoal do mandato para ligar, não acreditar muito nos convites enviados por e-mail e por whatsapp, e aí eu vou fazer mea culpa”, disse o petista.
“Ele (Arimateia) foi convidado, mas foi um convite formal feito pela Câmara. Você pode ver aí que tem até o encaminhamento e recebimento do e-mail (ele enviou cópia ao Protagonista). Agora, evidentemente que a gente deveria ter feito algo a mais. Eu tenho dito às pessoas do mandato que a gente tem que estar sempre ligando, não acreditar muito nos convites enviados por e-mail e por whatsApp, e aí eu vou fazer ‘mea culpa’. Me parece que o pessoal do mandato enviou o e-mail para o mandato dele na Assembleia, como é de praxe, e não conferiu a chamada dele por telefone. Eu vou dar uma ligada para ele, eu gosto muito dele, uma figura das mais queridas lá na Assembleia. Estivemos juntos por muito tempo lá na Assembleia. Pelo mesmo lado e também por lados opostos, ele sempre foi muito atuante, principalmente nas áreas de saúde e ação social, e merece da nossa parte todo o carinho e respeito. Vou procurar ligar para meu amigo Arimateia, dizer a ele que foi o convite formal, mas nós deveríamos ter ligado para ele e ter dado um pouco mais de intensidade ao chamamento. Infelizmente ele não esteve naquele momento que foi muito importante para Feira de Santana, deu uma projeção nacional ao município, e foi um momento de unidade, todo mundo junto, sem disputa, sem divergência, buscando emenda parlamentar, buscando harmonia, pensando a cidade”.