Um caso inusitado está causando o maior rebuliço na área de saúde em Feira de Santana. Um cigano, com diagnóstico confirmado de sarampo, fugiu do hospital quando recebia atendimento médico. Como a doença é altamente contagiosa, as autoridades de saúde estão em alerta tentando localizar o “paciente fujão”.
O nome do cigano com sarampo não foi divulgado, ainda. Ele é da cidade de Santo Amaro, onde existe um surto de sarampo, e veio para Feira de Santana para ser atendido.
Foi levado ao Hospital EMEC, de onde fugiu. As autoridades estão em busca de algum representante da comunidade cigana para fazer um bloqueio vacinal. Até a postagem dessa matéria ele não havia sido localizado.
O sarampo é uma doença altamente contagiosa. A transmissão ocorre por gotículas respiratórias. 90% das pessoas suscetíveis adquirem sarampo ao entrar em contato com alguém contaminado. A doença dá imunidade definitiva: só se tem sarampo uma vez.