Por unanimidade dos conselheiros, as contas de  2018 da Prefeitura de Feira de Santana estão aprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). O relator do processo foi o conselheiro Francisco Neto.
O exercício financeiro de 2018, na Prefeitura de Feira de Santana, tem uma peculiaridade. Os meses de janeiro, fevereiro e março tiveram a gestão do então prefeito José Ronaldo. Nos nove meses restantes do ano, a responsabilidade foi do seu vice e sucessor, Colbert Martins Filho. 
Ronaldo renunciou ao  comando da administração municipal para tornar-se candidato ao Governo do Estado, na eleição passada.