O governo municipal, através da Secretaria de Serviços Públicos, fez uma mudança importante na Comissão de Sindicância que apura denúncia de assédio e importunação sexual contra um diretor da pasta, a uma servidora terceirizada (veja mais).
Inicialmente, a comissão tinha três integrantes do sexo masculino. Com a mudança, duas mulheres foram integradas à comissão, substituindo dois homens.
A portaria Nº 002/2019 é assinada pelo secretário de Serviços Públicos, Justiniano França.
Pelo Decreto Oficial, publicado nessa terça-feira (22), fica assim constituída a comissão: Dayse Cristiane Seabra Brandão, Lívia Maria Souza Oliveira e Osvaldo Coelho Torres Neto. A presidência da comissão será exercida pela servidora Dayse Cristiane Brandão, “e, no prazo de 30 dias, encaminhará o Relatório conclusivo à Secretaria Municipal de Serviços Públicos, a contar da data da publicação desta Portaria”.
Portanto, o resultado só será conhecido no mês que vem. Até lá, o diretor de Parques e Jardins, Deodato Peixinho, segue afastado das funções.