Feira de Santana tem um novo prefeito. O vereador José Carneiro Rocha assumiu a função nesta sexta-feira (11), e por sete dias, até o retorno do prefeito Colbert Filho da Europa.
Colbert viaja a Portugal e Itália na segunda-feira (14). Enquanto José Carneiro estiver à frente da Prefeitura, a Câmara serpa presidida pelo vereador oposicionista Alberto Nery (PT).
A decisão do prefeito não é obrigatória por lei. Na história de Feira de Santana não há registro desse tipo de ação.
“Quando José Raimundo foi prefeito (33 meses) por renúncia de João Durval (governou 15 meses), em nenhuma das suas ausências, passou o cargo para o presidente da Câmara Municipal”, informa o jornalista Adilson Simas.
De acordo com o jornalista, o mesmo aconteceu quando Clailton Mascarenhas foi prefeito (41 meses), por morte de José Falcão da Silva (governou 7 meses).
No entanto, Adilson lembra que antes de existir a figura do vice-prefeito na estrutura do governo, em caso de afastamento do titular do Poder Executivo, era comum a prática de transmissão do cargo ao presidente da Câmara.

(Fotos: Ascom da Câmara de Vereadores de Feira de Santana)