Nas últimas semanas, têm sido frequentes casos em que familiares de pacientes à espera da terrível regulação, procuram vereadores para ou ajudar a acelerar o processo de regulação ou levar o caso a público.
Na sessão da última quarta-feira (24) quem falou sobre essa situação foi o vereador Lulinha (DEM). Na avaliação do parlamentar, a regulação é um dos principais problemas do setor de saúde em Feira de Santana.
Lulinha informou o caso da idosa Maria de São Pedro, que está há dias internada em uma Policlínica à espera de uma tomografia.
“Dona Maria do São Pedro é da zona rural e veio visitar a neta que estava internada no Hospital Geral Clériston Andrade, ao voltar para casa, ela sofreu um acidente vascular cerebral (AVC).  Dona Maria está há muito tempo esperando uma tomografia. Essa senhora não tem previsão para ser atendida”, lamentou o vereador.
“Esse transtorno é por causa dessa maldita regulação. A família não tem condições de pagar pelo exame. Até quando as pessoas serão torturadas?  O Estado tem que enxergar que esse sistema só faz mal à população e dar um fim na regulação”, pediu.