O deputado Zé Neto entrou em contato com o Protagonista para reforçar que não está em campanha, apenas iniciando o Projeto Ouvindo Feira, junto com os mandatos do vereador Alberto Nery e do deputado estadual Robinson Almeida. Além de falar do início da atividade, em Bonfim de Feira, no domingo (29), ele destacou a presença de Albertino Carneiro, ex-dirigente do PT feirense, figura com quem Zé Neto sempre teve uma relação “entre tapas e beijos”. Parece que agora, a caminho de mais uma candidatura a prefeito de Feira, veremos cada vez mais o “Zé Neto Paz e Amor”.

“Campanha só vamos fazer no ano que vem e no período adequado. Por enquanto, nós estamos fazendo um trabalho denominado “Ouvindo Feira”, com os mandatos do vereador Alberto Nery, do deputado estadual Robson Almeida e o nosso mandato federal, junto com o partido, militantes e simpatizantes de forma itinerante.
São caminhadas por toda a cidade. Vamos aos distritos, a todos os bairros, vamos a setores, empresários, trabalhadores, esportistas, religiosos, gente da cultura, da educação, e todas as áreas, para nos dar condição de melhorar os mandatos, sabermos onde aplicar melhor nossas emendas parlamentares, fundamentar as indicações do vereador Nery. Essas caminhadas nos darão norte de onde devemos aplicar os recursos das emendas, inclusive as impositivas, de forma mais legítima. É uma experiência muito boa ouvir o que a comunidade tem a dizer. Devemos coletar todas as informações, fazer um proveito muito mais consistente para a representação que temos dos nossos mandatos. Agradeço muito a presença da executiva do partido e muito especialmente essa figura que é Albertino Carneiro, que esteve conosco na abertura dos trabalhos em Bonfim de Feira. Isso nos empolga e nos abastece, porque é uma figura de referência no partido”.
Pelo visto, a disputa de mais uma candidatura a prefeito de Feira mexe mesmo com a sensibilidade do deputado. A reaproximação com Albertino Carneiro é uma prova disso. Para quem não lembra, em 2008 o ex-padre, então presidente do PT feirense, apoiou a candidatura de Sérgio Carneiro como candidato do partido a prefeito de Feira, derrotando Zé Neto. Uma derrota surpreendente, só possível graças ao apoio de Albertino.