O vereador Edvaldo Lima (PP) mostrou-se revoltado e indignado com o registro de estupro ocorrido em uma festa dentro da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS). Matéria divulgada no Protagonista (leia mais). “A UEFS se tornou um lugar de prostituição”, disparou o polêmico vereador.
“A estudante tomou uma bebida e depois que tomou essa taça de vinho, ficou inconsciente, não se recordando de mais nada do que tenha acontecido após ter ingerido essa taça de vinho”, relatou na tribuna.
Edvaldo Lima fez duras críticas à administração da universidade. “Essas festas são custeadas com o dinheiro público. A UEFS é um lugar de trabalho e estudo, mas se tornou um lugar de prostituição. Uma jovem foi drogada e molestada dentro do campus da UEFS, a que ponto chegamos”, protestou o vereador.
Ao concluir, ele cobrou do reitor da UEFS, Evandro do Nascimento Silva, medidas efetivas que coíbam atitudes dessa natureza. “Senhor Evandro, o senhor não merece a homenagem que esta Casa lhe deu. A nossa UEFS está jogada às traças. Tome conta da instituição ou renuncie o cargo”, sugeriu.