Uma grave denúncia contra a administração do Shopping Popular foi feita nesta quarta-feira (23), na sessão ordinária da Câmara Municipal, pelo vereador Luiz Ferreira, o Luiz da Feira (PCdoB). Segundo o parlamentar, um empresário feirense levou calote do consórcio responsável pela construção do Shopping Cidade das Compras, por um serviço realizado no empreendimento.
De acordo com o parlamentar, Luiz da Feira, que nunca teve boa relação com o consórcio, o empresário queixoso concedeu entrevista, nesta quarta-feira, na Rádio Transamérica de Feira de Santana denunciando o caso. “Terminou o serviço e o proprietário do shopping disse que pagava na mesma semana. Já são 60 dias sem pagar o empresário, que tem despesas e funcionários para pagar. Hoje (quarta) de manhã, ele trouxe retroescavadeira, caçamba e outros maquinários e interditou o Shopping Popular. Pelo valor sabe de quanto? De R$ 11 mil. Ele ainda disse, na Transamérica, que tem mais empresários pendurados. É uma vergonha!”, disparou.
Luiz da Feira acrescentou que o consórcio responsável pela construção “diz que é uma empresa milionária, mas contrata as máquinas e não paga aos empresários de nossa Feira de Santana”.