O radialista feirense Fábio Negriny acusa o prefeito de Tanquinho, Luedson Soares, de tentar lhe agredir fisicamente e fazer ameaças. O caso ocorreu na manhã dessa sexta-feira (29), no edifício Multiplace, localizado no shopping Boulevard, em Feira de Santana.
Negriny gravou um vídeo. Na filmagem aparece o prefeito Luedson dentro do elevador e o radialista afirmando que estava sendo ameaçado de agressão. Nesse momento o prefeito faz um gesto de partir para cima de Negriny, quando a porta se fecha e a filmagem termina.
“Eu entrei no elevador e ele (o refeito) começou a me acusar de mentiroso. Disse que eu estava usando meu blog para atacar o governo dele, com mentiras. Eu retruquei e disse que só publiquei verdades. Foi quando ele ameaçou de ir até a minha casa ou me pegar na igreja onde sou pastor evangélico”, diz Negriny.
O problema, segundo Fábio, foi gerado a partir de denúncias que fez em relação à gestão de Luedson em Tanquinho. “Em uma dessas denúncias, mostrei que um artista recebeu R$ 3.800 para se apresentar no São João do Pelourinho, em Salvador, e em Tanquinho a Prefeitura pagou R$ 30 mil”, acentua Negriny, destacando que há outros casos.
O radialista informou ao Protagonista que vai à Policia Civil prestar queixa por ameaça contra o prefeito de Tanquinho.