Ao longo de seus sete mandatos na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Roberto Tourinho (PV) se notabilizou por fazer uma oposição ácida e bastante crítica a governos municipais não aliados. Os hiatos na oposição crítica foram poucos.
Mas a história com a Câmara de Vereadores parece que chega ao fim em dezembro de 2020, quando termina seu sétimo mandato consecutivo.
O site De Olho na Cidade, em matéria do repórter Taiuri Reis, anuncia que Tourinho não vai disputar a oitava eleição a Câmara Municipal.
Busca voos mais altos. O objetivo seria de disputar a eleição a prefeito de Feira de Santana. O anúncio foi na manhã desta segunda-feira (25).
A decisão, segundo Roberto Tourinho, ganhou força após o convite do presidente do PSDB na Bahia, deputado Adolfo Viana, para que ele seja o candidato do partido. Como o ex-deputado Carlos Geílson já avisou que deixa a legenda tucana, o caminho para Tourinho estaria aberto.
"Já manifestei a pessoas próximas que não desejo ser candidato a reeleição. Sinto que cumpri com meu papel na Câmara ao longo desses sete mandatos e agora busco a construção de uma candidatura para prefeito", disse o vereador ao site do radialista Jorge Biancchi.
Confirmada a desistência da busca pela cadeira na Câmara, Tourinho encarra uma trajetória com bem mais acertos que erros. Sem dúvida um dos mais preparados vereadores da Casa ao longo de sua existência.