Um grupo de sócios do antigo Feira Tênis Clube acionaram o Ministério Público Estadual para cobrar uma indenização referente à desapropriação do imóvel, arrematado por R$ 9,2 milhões pela Prefeitura de Feira de Santana. De acordo com o advogado dos sócios, Rafael Cordeiro, alguns deles ocupam cargos importantes dentro do governo municipal.
No prédio onde funcionou tradicional clube social, a Prefeitura anunciou a construção de um moderno complexo educacional infantil e sede da Secretaria de Educação, além de estacionamento.
De acordo com o advogado Rafael Cordeiro os sócios, remidos, querem indenização. "Os donos do imóvel estão questionando a urgência na desapropriação dos 12 mil metros quadrados e esperam uma indenização justa e prévia através da Justiça", explicou Cordeiro.
No entendimento do prefeito Colbert Filho, a ação não atrapalha a execução da obra do complexo educacional, que terá licitação agora no final de novembro (leia mais).
"Depositamos o valor da desapropriação em conta judicial e não vamos discutir a quem pertence. Cabe ao juiz fazer esse pagamento para quem ele entender ser o dono do espaço", disse o prefeito ao repórter Taiuri Reis.
(Fonte: De Olho na Cidade)