Entre as obras que fazem parte do pacote de requalificação do centro comercial de Feira de Santana, anunciado pelo prefeito Colbert Filho esta semana, está prevista uma ciclovia ligando diretamente o centro da cidade à Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS). A licitação que vai contratar empresa de engenharia para executar a primeira parte das obras do Projeto Novo Centro, será realizada no dia 6 de janeiro.
A primeira etapa da requalificação do centro está orçada em R$ 37 milhões. A execução do projeto está previsto para oito meses.
Na apresentação do projeto, Colbert citou a transferência da grande feira livre para o Centro de Abastecimento como ato de coragem – a mesma que está tendo agora, da administração municipal da época, em sua avaliação. “Estamos fazendo o que é preciso ser feito”, destaca.
Conforme Colbert, a intervenção vai acabar com os problemas causados pelas inundações em períodos de chuvas intensas, com a extensão do tunnel liner e extensão da rede de drenagem e nova pavimentação a quente da área central.
O secretário Carlos Brito, de Planejamento, informou as intervenções que serão feitas bem como os investimentos destinados às vias que serão requalificadas, como a Barão de Cotegipe, Barão do Rio Branco, Marechal Deodoro, Conselheiro Franco, Recife, Sales Barbosa e avenida Sampaio.
Comentou sobre a pavimentação – algumas ruas terão piso intertravado, tido como ecologicamente correto, calçadas amplas, ciclovias – nas avenidas Senhor dos Passos e Maria Quitéria, árvores, entre muitas outras intervenções no amplo conjunto de obras.
Carlos Brito também falou sobre a duplicação dos viadutos que une as avenidas Maria Quitéria e Fraga Maia e Getúlio Vargas e Noide Cerqueira, e prolongamento destas avenidas. “A ciclovia da Maria Quitéria será iniciada à altura da Getúlio Vargas até a UEFS”.
Viadutos - Geotec será a empresa especializada contratada pela Prefeitura para prestação de serviços na elaboração de estudos preliminares, projetos básicos e projetos executivos de alargamento dos viadutos Francisco José Pinto e Wilson da Costa Falcão.
A empresa também será responsável pelo plano de manutenção e conservação de ambos viadutos e do Complexo Viário Deputado Dr. Miraldo Gomes, composto por três viadutos e uma trincheira
Os viadutos, sobre a avenida Eduardo Froes da Motta, unem a avenida Getúlio Vargas e Noide Cerqueira e Maria Quitéria e Fraga Maia. O investimento será de R$ 807.100,14.
(Foto e informações: Secom)