Uma servidora municipal lotada na Unamacs, ligada à Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Feira de Santana, é vítima de brincadeira de muito mau gosto e irresponsabilidade. Nessa quinta-feira (5) ela teve uma foto sua divulgada em grupos de WhatsApp, informando que seria Aila Coutinho, suposta funcionária da Caixa Econômica Federal acusada, segundo a fake news, de aplicar golpes em instituições financeiras de Feira e região.
Erika Teles é uma conceituada professora. Sua foto foi divulgada nas redes sociais como sendo integrante de uma quadrilha de estelionatários, presos na quarta-feira (4) em Feira de Santana, pela Polícia Federal. Não se sabe ainda, a origem da irresponsabilidade.
Também em rede social, a professora Erika postou a mesma foto, com um apelo esclarecendo a situação, pois se trata, claramente, de criminoso fake news. Que a Polícia Civil apure para identificar e localizar o responsável pela origem e divulgação do material.