Um vídeo que circula em grupos de WhatsApp expõe o clima pesado e relação espinhosa entre o governador Rui Costa e os servidores públicos estaduais. Durante um evento petista, em Salvador, um servidor identificado apenas como Bené, filiado ao PT, detonou o governado estadual.
Empunhando um microfone e diante da plateia e de lideranças do Partido dos Trabalhadores no estado, Bené soltou a voz. “O governador Rui Costa nos tirou direitos como licença prêmio e há cinco anos não sabemos o que é reajuste salarial. Isso sem qualquer justificativa”, enfatizou.
Ainda durante seu discurso, bastante aplaudido pela plateia formada por servidores e membros do partido, o funcionário público também questionou a venda do imóvel onde funcionou o colégio estadual Odorico Tavares.
A revolta do militante petista servidor público é um exemplo do desgaste do governo Rui Costa diante do funcionalismo público estadual. E até mesmo dentro do partido o governador encontra resistência para algumas de suas medidas.