Os vereadores Alberto Nery (PT) e Roberto Tourinho (PV) comentaram a entrada do ex-oposicionista Zé Filé na base de apoio ao prefeito Colbert Filho na Câmara Municipal.
Na sessão dessa terça-feira (4), Tourinho ironizou a ida do colega Zé Filé (PROS) para os braços do governo municipal. “Se essa decisão fosse transformada em um filme, o nome do filme seria ‘A caminho da morte’”.
Já Alberto Nery começou o comentário refutando a alegação de Zé Filé, de que tentou se filiar ao Partido dos Trabalhadores, mas que o pedido teria sido negado.
“Ele (Zé Filé) em nenhum momento procurou a direção do partido pedindo filiação. Ele conversou com o deputado Zé Neto, que é deputado pelo PT, mas não toma decisão pelo partido”, diz Nery.
“Não posso ficar calado, quando ele coloca publicamente que pediu filiação ao Partido dos Trabalhadores e foi negada sua filiação. Que sua candidatura ameaçaria outros candidatos do partido. De maneira alguma isto ocorreria, pois todos os candidatos do partido são competitivos e é o público que deve julgar”, argumentou o petista.
Nery observou que por mais de três anos Zé Filé fez oposição acirrada ao prefeito Colbert Martins Filho e ao ex-prefeito José Ronaldo, mas agora foi para a bancada governista. “Tomou a decisão e temos de respeitar, agora o público e os eleitores dele que irão responder a esta decisão”, pontuou.