O consórcio responsável pela construção do Shopping Popular prestou esclarecimentos à Prefeitura explicando vazamentos em uma das áreas do empreendimento, verificados durante a chuva que caiu na manhã da quarta-feira (18).
De acordo com o consórcio, o problema é decorrente de furos feitos na laje do estacionamento onde estão sendo colocadas as tubulações no estacionamento, para instalação de hidrantes para o sistema de combate a incêndio na edificação.  
Os furos, informa o consórcio, evidentemente serão fechados ao final desse trabalho, que está próximo. Os responsáveis pela obra garantem a impermeabilização de todo o ambiente, uma garantia de que os comerciantes que ali vão se estabelecer não enfrentarão esse tipo de situação.
O material para impermeabilizar o empreendimento está quase concluído "e transcorrendo dentro da mais absoluta normalidade". A seguir, a íntegra de uma nota da Concessionária Feira Popular S/A, aos seus parceiros e à sociedade.
“Alguns vídeos estão sendo veiculados em redes sociais, neste início de ano, com informações equivocadas sobre a segurança do empreendimento em relação a vazamentos em suas instalações no período chuvoso.
Em verdade, não existe nenhum motivo para receio quanto a isto. Conforme explicações prestadas recentemente, está em fase final na obra o que se denomina em construção civil de "junta de dilatação". É uma borracha especial preparada tanto para suportar peso elevado quanto resistir ao sol e a chuva, explica a engenharia do consórcio responsável pela obra. 
Entendemos que as fortes chuvas ocorridas nos últimos meses estão sendo essenciais para que a Concessionária possa testar e identificar eventuais pontos de adequação nos trabalhos de instalação do sistema de incêndio e de impermeabilização, que estão sendo realizados e transcorrendo dentro da mais absoluta normalidade.
Este também é o momento apropriado para a execução de quaisquer ajustes que sejam necessários para que o empreendimento esteja pronto e em perfeitas condições de ocupação e de funcionamento na data de sua inauguração, a ser oportunamente confirmada”.