O empresário e político Humberto Cedraz, uma espécie de guru na política feirense, afirmou, em entrevista ao jornalista Fernando Moreira, na Princesa FM, que o ex-prefeito José Ronaldo procurou outras opções para apoiar a prefeito nas eleições de outubro em Feira de Santana, fora o prefeito Colbert e o deputado Targino Machado.
“Ele (José Ronaldo) falava que Colbert era candidato nato. Falava com todas as letras. Só não seria candidato se não quisesse. Mas desde fevereiro de 2019 ele sumiu de tratar de eleição. Passou a dizer que só interessava a alguns, à imprensa. Disse que era muito cedo, não era o momento”, afirmou Humberto.
“José Ronaldo é a figura principal da política por ser o maior condutor de votos. E no fim do ano chegou a dúvida e ele não disse mais a ninguém que o candidato seria Colbert”, recorda.
Humberto diz que José Ronaldo passou a manter certa distância política do prefeito. “Manteve-se equidistante politicamente de Colbert para não se comprometer. Ficou precavido da decisão que teria que tomar e que não poderia mais passar o recibo”, pontua Humberto.
O empresário e ex-deputado, que tem forte ligação comercial com a prefeitura, afirma que José Ronaldo procurou outras opções para candidato a prefeito de Feira. “Ele procurou, sim, outros candidatos fora Colbert e Targino Machado. Gente que não era filiado a partido, empresário falado na cidade. E não encontrou o nome. Uns porque não quiseram e outros porque não teriam apelo popular”, revela.
Humberto, que tem trânsito livre no Paço Maria Quitéria e é muito bem informado dos bastidores políticos de Feira de Santana, entende que José Ronaldo segue cercado pela dúvida.
Vale lembrar que o próprio Colbert já afirmou aqui mesmo no Protagonista que José Ronaldo estará a seu lado nas eleições de outubro.