Líder do governo na Câmara Municipal, o vereador Marcos Lima vai precisar apagar um incêndio que se forma dentro da base governista na Casa.
A insatisfação de vereadores governistas foi exposta na sessão de quarta-feira (12). A vereadora Neinha Bastos puxou a fila (leia mais). “A bondade desta vereadora está sendo confundida. Estou vendo gente lá fora com mais respaldo que eu. Se não trabalhar, não renova mandato. Colbert, tenho respeito, mas não poderia estar guardando isso. Se não falasse estaria sofrendo calada”, desabafou Neinha.
O vereador Cadmiel Pereira também mostrou insatisfação e apoiou o desabafo da colega Neinha Bastos.
Mas essa chiadeira de vereadores da base não é novidade. Principalmente no ano passado foram registradas várias declarações de insatisfação de integrantes da base governista na Câmara.
Situação que motivou, inclusive, uma reunião durante o período do recesso de meio de ano, que contou com vereadores e o prefeito Colbert, convocada pelo líder Marcos Lima. Lavagem de roupa suja camuflada de confraternização.
Sobre essas manifestações públicas de insatisfação, em resposta a questionamento do Protagonista, Marcos Lima disse o seguinte: “O nosso time continua unido. Há divergências em algumas situações, o que é rotineiro na política. Sabemos que os ânimos estão acirrados devido a estarmos em um ano eleitoral, mas seguimos acreditando na força, na união e na vitória do nosso grupo. Os vereadores e o governo estão se dedicando para dar sustentação ao nosso projeto que é o melhor para Feira de Santana”. O prefeito Colbert ainda não se manifestou sobre o assunto.