Representantes de quatro partidos reunidos na sede do Sindicato dos Bancários de Feira de Santana, na noite de segunda-feira (3), resolveram lançar uma frente para disputa das eleições municipais em outubro.
De acordo com o ex-deputado federal Sérgio Carneiro (PV), “o grupo já nasce com dois pré-candidatos a prefeito: Roberto Tourinho, pelo PV, e Ângelo Almeida, pelo PSB. Podem formar chapa ou um pode renunciar para entrada de um vice de outro partido que queira se juntar”.
O encontro reuniu, ainda representantes do PCdoB e REDE. “Foi decida a criação, em Feira de Santana, de uma frente de centro-esquerda para concorrer às eleições municipais de 2020. O objetivo é criar uma alternativa política. Foi uma primeira reunião”, explica Sérgio.
Ainda segundo o filho de João Durval Carneiro, umas das tarefas definidas é “a montagem das chapas proporcionais - como são quatro partidos e cada um precisa de 32 candidatos, são 128 cabos eleitorais qualificados para a chapa majoritária”.