Parece que a ideia desastrada e inconsequente do presidente Bolsonaro, de acabar com o isolamento tão recomendado pelas autoridades de saúde mundiais, encontrou forte apoio em Feira de Santana. Um áudio creditado ao presidente da Federação das Associações Comerciais do Estado da Bahia (FACEB), Cloves Cedraz (foto), circula por grupos de WhatsApp em Feira de Santana, onde ele antecipa que as lojas na cidade serão reabertas, com consentimento do prefeito Colbert Filho, quebrando o isolamento social. A matéria está publicada no conceituado site Bahia Notícias.
“Tudo que nós desejamos, neste momento, é salvar as empresas e salvar os empregos. Nós entendemos que alguns casos justificam o fechamento, mas não tão duradouro quanto tem acontecido. Vai chegar o momento que os venezuelanos que vieram para o Brasil vão se arrepender de ter vindo para cá, porque não vão ter a quem pedir nada, porque as empresas vão quebrar”, diz Cloves.
FEIRA DE SANTANA - “Em Feira de Santana, o prefeito teve a sensibilidade de ouvir os empresários e o ato que foi baixado para ir até segunda-feira, ele ia prorrogar o fechamento do comércio, mas já entendeu que empresa fechada não paga as contas, só vai gerar desemprego. E aí, se nós não matarmos as pessoas com o coronavírus, vamos matar com o vírus da fome. E, a partir de segunda-feira, deverá ter a reabertura do comércio, com expediente reduzido, abrindo às 9h e encerrando às 17h”, completou ele.
O site Bahia Notícias entrou em contato com a Secretaria de Comunicação da prefeitura de Feira de Santana (Secom), que negou haver uma decisão sobre isso e comunicou que, nesta sexta-feira (27), o prefeito Colbert Martins deve se reunir com representantes comerciais feirenses, para que cheguem a uma decisão.
Cloves Cedraz também foi procurado pelo Bahia Notícias e voltou atrás, dizendo que “as coisas ainda estão em discussão”, sem dar garantia de que a prefeitura decidiu não renovar o decreto. “Há uma possibilidade de reabrir comércio. Ainda estamos conversando. Mas a perspectiva, pelos entendimentos, é que ele (Colbert) recomende a abertura”, afirmou.
Feira de Santana, com nove casos confirmados da Covid-19, foi um dos primeiros municípios baianos a decidir pelo fechamento do comércio em meio à pandemia do novo coronavírus.
(Fonte: site Bahia Notícias)