Em sua despedida da Câmara Municipal, Cíntia Machado (PRB) anunciou o retorno do vereador licenciado Eli Ribeiro (PRB) e fez um breve balanço de sua passagem pela Casa. Suplente, ela deixa o legislativo, com a volta do titular.
Advogada e nutricionista, Cíntia declarou que está deixando o quarto mandato com a sensação de dever cumprido. “Não é fácil estar aqui, realmente não é. Estar nessa Casa por mais de quatro mandatos é um aprendizado a cada dia. Nem tudo são flores, mas eu devo a esta Casa e ao povo que me escolheu. Eu agradeço a toda a população pela confiança cedida, porque é muita responsabilidade”, afirmou.
“A vida é feita de ciclos e mais um está se fechando e recomeçando. Não estou aqui me despedindo, estou fazendo um balanço e quem decide sobre a vida é Deus. Vou voltar sempre, essa Casa vai fazer parte da minha vida e por onde eu estiver, vou ser sempre aquilo que aprendi aqui: a vereadora Cíntia Machado”.
A vereadora evidenciou o carinho e apoio pelo presidente do Legislativo, vereador José Carneiro Rocha, pelo prefeito Colbert Martins Filho e pelo ex-prefeito José Ronaldo, destacando a importância dos três para o seu aprendizado e aperfeiçoamento na carreira.
“Queria agradecer de todo o meu coração a Eli Ribeiro, um homem de Deus, humano, integro, de paz, humildade sobrenatural. Eu fiquei aqui no seu lugar e tenho certeza que você também sabe do meu dever cumprido. Quero desejar um bom retorno a esta Casa”.
Em aparte, o vereador José Carneiro Rocha (PSDB), reforçou que a situação não representava uma despedida, declarando confiar na competência e dedicação da vereadora. “Sei que vossa excelência é capaz de dar a volta por cima e retornar na próxima Legislatura com o mandato completo”, afirmou.
Cíntia Machado deixou uma mensagem para as demais mulheres que possuem interesse em ingressar na carreira política: “quero incentivar as mulheres a serem candidatas, quero que parem de ter medo e aceitem o desafio maravilhoso. Eu vivo este desafio e sempre me encorajo, porque a vida é feita de desafios. Tenho certeza que esta Casa pode ter mais mulheres competentes, preparadas e que vão apaziguar as coisas por aqui”, concluiu.