O Governo Municipal deu início, na tarde desta segunda-feira (30), à distribuição de cestas básicas para famílias em situação de extrema pobreza. A iniciativa emergencial do auxílio alimentação visa amenizar as dificuldades enfrentadas por milhares de feirenses, que se agravaram em função da necessidade de isolamento social por causa da pandemia do coronavírus.
A distribuição das cestas básicas está sendo realizada por uma força tarefa formada por funcionários da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Seeso). O auxílio alimentação está sendo entregue nas próprias casas dos beneficiados, selecionados criteriosamente em função do perfil social, da existência de idosos e da impossibilidade de garantirem o sustento por não terem nenhuma renda.
O prefeito Colbert Martins Filho acompanhou a distribuição do auxílio alimentação desde a central de armazenamento até as comunidades. “É um esforço de logística para entrega de 8 mil cestas básicas nesta fase. E agradecemos aos esforços de todos os funcionários da Prefeitura, que estão aqui participando desta tarefa, arriscando sair de suas casas para auxiliar as famílias cadastradas no CADÚnico e que estão em situação abaixo da linha de pobreza e cumprem isolamento social em suas casas. Estamos aqui cumprindo um compromisso com vocês”, destacou.
O chefe de gabinete da Sedeso, Pedro Américo, ressaltou que as cestas básicas não serão distribuídas nos CRAs e sim nas próprias residências das famílias selecionadas. E alertou para a necessidade das pessoas aguardarem a visita dos técnicos da Prefeitura nas próprias residências.
Para facilitar a entrega do auxílio alimentação, Pedro Américo informa que o Governo está com equipes percorrendo toda a cidade e distritos simultaneamente. O trabalho vai durar toda a semana, até ser concluída a distribuição.
(Foto: Secom)