Conforme o Protagonista antecipou (leiamais), a Micareta de Feira de Santana está adiada. Motivo: o risco de contágio em massa pelo coronavírus. O anúncio oficial foi feito na manhã dessa sexta-feira (13), pelo prefeito Colbert Filho. Ainda não há uma nova data.
A festa, segunda maior do estado, estava prevista para acontecer entre os dias 23 e 26 de abril. O prefeito Colbert convocou uma coletiva de imprensa e anunciou o adiamento da Micareta.
Devido aos números crescentes de casos suspeitos em análise laboratorial na idade, o prefeito agiu com bom senso.
A suspensão da festa já havia sido recomendada pela Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) e pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), devido ao alto grau de risco de contaminação dos foliões.
O Ministério Púbico Estadual também já havia se manifestado sobre a realização da festa. O promotor Audo Rodrigues afirmou que caso a prefeitura mantivesse a realização da Micareta, o MP iria solicitar o adiamento.
Além disso, outro fator que motivou o adiamento da Micareta de Feira foi o número crescente de casos suspeitos. De segunda-feira (9) até a quinta-feira (12), o número de casos suspeitos de coronavírus em Feira, aguardando resultado de exame laboratorial, cresceu quase 400%. Saltou de quatro casos na segunda, para 19 na quinta.
De acordo com o boletim divulgado pela SMS, até às 17h da quinta, em Feira de Santana foram notificados 38 casos suspeitos do vírus coronavírus – COVID-19.