Com a confirmação do segundo caso positivo de coronavírus em Feira de Santana (leia mais), o Ministério Público Estadual solicitou informações sobre a extensão da doença no município, para decidir se recomenda o cancelamento da Micareta de Feira, programada para acontecer entre 23 e 26 de abril.
De acordo com informações da TV Bahia, o promotor público Aldo Rodrigues quer saber o potencial de proliferação da doença em Feira de Santana.
Foi aberto procedimento administrativo pelo Ministério Público. O promotor aguarda parecer técnico das secretarias de Saúde do município e estado, para decidir se pedirá ou não à Justiça o cancelamento da maior festa do interior baiano.