O governador Rui Costa determinou que a Procuradoria-Geral do Estado (PGE) processe criminalmente a décima pessoa contaminada por coronavírus na Bahia. Trata-se de um empresário de 43 anos, de Porto Seguro.
Segundo Rui Costa, o homem estava em São Paulo quando teve o diagnóstico positivo para coronavírus, no Hospital Albert Einstein, e foi orientado a se isolar. O médico determinou que ele ficasse em casa por pelo menos uma semana e ele pegou um jatinho particular, convidou amigos e foi para Trancoso, em Porto Seguro”, contou o governador.
De acordo com o boletim da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), o empresário contaminou uma pessoa pelo coronavírus durante uma festa em Itacaré. O paciente, que está assintomático, relatou contato diário com o caso confirmado.
"Isso foi uma atitude irresponsável, negligente. Já determinei que a Procuradoria-Geral do Estado abra um processo criminal contra esse empresário, para que ele responda criminalmente por sua postura irresponsável. Vamos denunciar todos que descumprirem no Ministério Público da Bahia e Federal", completou.
(Com informações do site Radiometropole)