O advogado Ronaldo Mendes, em sua conta no Facebook, faz um grave alerta para um verdadeiro desperdício de dinheiro público praticado pelo governo municipal de Feira de Santana. O “investimento” de R$ 2,5 milhões em uma empresa privada para realizar um “estudo” para aceleração de startups no município, “em pleno estado de crise do coronavírus”. Também citou um escândalo e corrupção denunciado no Amazonas e disse com todas as letras: “Aqui tem coisa mais grave acontecendo”.
Ronaldo Mendes é um conceituado advogado que trabalhou, inclusive, para o ex-prefeito José Ronaldo. A seguir, a nota completa divulgada no Facebook de Ronaldo Mendes:
“A prefeitura de Fera de Santana vai investir um pouco mais de R$ 3 milhões (recurso federal) para tornar o Hospital Mater Dei em um hospital de campanha para combater o coronavírus. Mas, essa mesma prefeitura vai gastar R$ 2,5 milhões para que uma empresa privada realize um ‘estudo’ para aceleração de startups em pleno estado de crise do coronavírus. Essa fortuna deverá ser gasta pela empresa que vai realizar o tal estudo em até 180 dias.
Aí ficamos discutindo a corrupção dos ventiladores do Amazonas. Aqui tem coisa mais grave acontecendo”.