O vereador Alberto Nery (PT) não é o dono do revólver calibre 38 com o qual se feriu (leia mais) na noite de sexta-feira (17). Ele foi baleado quando tentava guardar a arma, que estava dentro do seu carro.
Em contato com o Protagonista na tarde desse domingo (19), Alberto Nery informou que não tem porte de arma porque não anda armado. Ele já está em casa se recuperando da cirurgia após sofrer o tiro que atingiu seu pé.
Nery revela que estava dentro do carro, após sair de uma farmácia. “Fui comprar um remédio para minha filha. Quando voltei ao carro, fui guardar a arma, do segurança que trabalha conosco. Ela estava engatilhada e nesse momento aconteceu o disparo, dentro do automóvel”, conta Nery.