“Luiz da Feira será nosso puxador de votos para elegermos até 3 vereadores”. A previsão é de Antônio Carlos Dias de Almeida, conhecido como Carlinhos Mocotó, presidente da Executiva Municipal do PROS.
Luiz da Feira, que estava no PCdoB, parte para buscar a reeleição no PROS após tentar outras legendas, sem sucesso.  O MDB, por exemplo.
Carlinhos Mocotó diz que a chapa proporcional do partido está completa. “A expectativa inicial era de eleger entre 1 e 2 vereadores, mas com a chegada de Luiz da Feira, podemos fazer 3”, diz.
Sobre os demais 31 integrantes da chapa, Mocotó avalia que estão no mesmo patamar. “A maioria é jovem, com vontade de apresentar algo novo na política de Feira”, explica.
Ele faz outra previsão: “todos da chapa sabem que para se eleger terão que alcançar, pelo menos, 2 mil votos”.