O líder do governo na Câmara Municipal, vereador Marcos Lima, distribuiu alfinetadas nos colegas que andam dispersos em relação à defesa do governo municipal. Cobrou, inclusive, mais ações do MDB, partido do prefeito Colbert Filho. Foi contestado por Isaías de Diogo.

“Em relação à defesa do Governo, não vejo muitos colegas da base fazendo a defesa. Gostaria da participação dos colegas governistas, que ficam só esperando o líder se pronunciar. Gostaria de ver o MDB vir aqui fazer a defesa do Município”, disparou Marcos Lima.

“Quero me dirigir ao líder do Governo: não existem dois grupos políticos aqui e, sim, um grupo que dá sustentação ao Governo. Não deve vir aqui pedir que o MDB defenda o Governo, se tem o líder para fazer isso”, rebateu Isaías.
Na segunda-feira (27) a base governista já havia "permitido" que dois requerimentos do vereador Roberto Tourinho fossem aprovados, cobrando explicações do governo municipal sobre saúde, principalmente coronavírus (leia mais). Uma situação um pouco inusitada. Talvez querendo enviar um recado ao governo, de insatisfação.