Um preso testado positivo para coronavírus – com o teste rápido – no Complexo de Delegacias do bairro Sobradinho provocou protesto de agentes policiais e uma desinfecção de emergência na unidade, na manhã dessa quinta-feira (30).
O preso, de identidade não revelada, está detido há 12 dias no Complexo do Sobradinho. Foi testado na semana passada e deu negativo para coronavírus. Porém, essa semana, um teste rápido acusou positivo.
O material recolhido foi encaminhado, agora, para o Laboratório Central da Bahia (Lacen) para um novo exame.
Embora o coordenador regional de Polícia Civil, Roberto Leal, tenha destacado o recebimento de máscaras, luvas e álcool em gel, na manhã dessa quinta os agentes pararam as atividades, cobrando a transferências dos presos da unidade.
“O Ministério Público e o Poder Judiciário já foram comunicados da situação do preso”, destaca Roberto Leal, em entrevista à TV Subaé.
Enquanto isso, o detento está em isolamento dentro da unidade, sendo acompanhado por equipe da Secretaria Municipal de Saúde, que também monitora os policiais e demais servidores na unidade.
(Foto: Secom)