Está oficializado, através de Decreto publicado na manhã dessa segunda (13), o prosseguimento das restrições para o funcionamento de atividades empresariais e comerciais em Feira de Santana (leia mais).
Confira abaixo a lista dos estabelecimentos que podem e os que não pode funcionar no município, devido à pandemia de coronavírus.
O QUE NÃO PODE ABRIR - Mercado de Arte Popular, zona comercial do Feiraguay, todos os Shopping Centers, galerias e afins.
As atividades de classe de todas as unidades escolares integrantes da Rede Municipal de Educação.
Instituições privadas de Ensino (superior, médio, fundamental, básico, cursos preparatórios, assim como creches).
Academias de Ginástica, Cinemas; Teatros e demais Casas de Espetáculo; Parques Infantis privados; Centros Esportivos.
Permanecem suspensas, também, por prazo indeterminado, as atividades do Planetário Museu Parque do Saber, dos Teatros Municipais, das Bibliotecas Municipais, do Museu de Arte Contemporânea Raimundo de Oliveira, bem como do Projeto Arte de Viver, promovido pela Fundação de Tecnologia da Informação, Telecomunicações e Cultura Egberto Tavares Costa; bem como dos Parques Públicos administrados pela Prefeitura Municipal de Feira de Santana.
O QUE PODE ABRIR - O Centro de Abastecimento funcionará em regime de horário reduzido, das 04h às 14h. Também os mercados, supermercados, hipermercados, açougues, frigoríficos, granjas, peixarias, lojas de hortifrutigranjeiros, as feiras livres de produtos alimentícios, o Centro de Abastecimento, os Postos de Combustíveis, revendedores de gás, as Farmácias, Instituições Bancárias, Correspondentes Bancários, Casas Lotéricas, Lojas do Setor da Construção Civil e sua cadeia produtiva, lojas de auto peças, borracharias, oficinas mecânicas e demais estabelecimentos relacionados à manutenção de veículos automotores, serviços de transporte e logísticas, serviços de segurança privada, estabelecimentos de vendas de material de limpeza.
Lojas de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e transporte público urbano de passageiros.